O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Rio Preto e Região tem lutado muito nas últimas semanas para conseguir manter os benefícios conquistados dos últimos anos aos trabalhadores da categoria. Com essa crise do coronavírus que assola todo o país muitas empresas endureceram nas negociações deste ano, dificultando reajuste salariais para os seus trabalhadores.  Pelo setor de frios, o Sindicato fechou nestes dias o acordo coletivo de trabalho com a Nutribem. O Sindicato conseguiu reajuste salarial de 2,46% no salário, cesta básica/ticket alimentação e PPR, mas o mais importante é a manutenção das cláusulas sociais anteriores. “O momento é muito delicado e muitos patrões só querem retirar direitos, benefícios. Conseguimos manter as cláusulas sociais e ainda obter um aumento salarial”, afirmou o presidente do Sindicato, Tiago Gonçalves Pereira.