O setor de panificação e confeitaria também fechou acordo pela renovação das cláusulas sociais e econômicas, firmando a Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021. O Sindicato da Alimentação fechou o acordo com o Sindipan, na última semana, em Rio Preto.  A data base da categoria é 1 de setembro. As diferenças salariais decorrentes deverão ser quitadas em uma única em vez a partir do dia 1 de setembro. O Sindicato conseguiu reajuste linear de 3% nos salários dos trabalhadores e o salário normativo de padeiro e confeiteiro ficou em R$ 1.713,00. O salário das demais funções ficou em R$ 1.340,00. O auxílio refeição ficou em R$ 90,00 e a PLR é de 40% do salário normativo.  

“Após uma longa negociação conseguimos fechar o acordo.  Fechamos essa negociação com o setor patronal em conjunto com outros quatro sindicatos, de Catanduva, Votuporanga, Pontes Gestal e Olímpia.  O setor passou por bastantes dificuldades neste ano e mesmo assim conseguimos fechar um acordo que beneficia os trabalhadores. Conseguimos avançar, devido a toda essa situação. Mantemos as cláusulas sociais, conseguimos o ticket alimentação. Vamos seguindo trabalhando em prol dos trabalhadores”, afirmou o presidente do Sindicato, Tiago Gonçalves Pereira.