Acordo do setor de bebidas está quase fechado, afirma presidente do Sindicato

postado em: Notícias | 0

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação de Rio Preto e Região, Tiago Gonçalves Pereira, saiu da reunião, na sede da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do Estado de São Paulo, em São Paulo, na última semana, mais otimista com os patrões do setor de bebidas, representados na mesa redonda, pelo Sindicato da Indústria de Bebidas em Geral do Estado de São Paulo. Após muita discussão das partes, ficou acordado algumas propostas que agora serão levadas para assembleias com os trabalhadores para aprovação ou não.  O reajuste salarial proposto é de 5,07% até o limite de R$ 5.358,57. Para salários acima desse limite, a proposta é de uma parcela fixa de R$ 271,67. A data base da categoria é 1º de maio.

As propostas seguem com piso salarial de R$ 1.564,40, PLR de R$ 1.681,12 e auxilio creche de R$ 102,57.  Na PLR o reajuste também é de 5,07%. “Mantemos também, nessa reunião, a cláusula da convenção coletiva anterior, que assegura vários benefícios para os trabalhadores. Agora vamos levar todas as informações ao conhecimento dos trabalhadores, em assembleias. Se aprovadas, vamos informar a Federação que transmitirá ao setor patronal, em reunião no dia 29 deste mês”, afirmou o presidente do Sindicato da Alimentação de Rio Preto, Tiago Gonçalves Pereira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =